Pin It

 

Exatos 37 dias permaneceu na cadeira o prefeito eleito de Jacundá, José Martins de Melo Filho, o Zé Martins, foi afastado do cargo mais uma vez. Nos últimos três meses, a Prefeitura de Jacundá passou por três trocas de mandatário. No dia 7 de novembro assumiu o vice-prefeito Ismael Barbosa. Em 27 de dezembro, também do ano passado, a Câmara de Vereadores retornou Zé Martins ao cargo e agora ele está novamente afastado.

Esta última decisão foi motivada porque o Poder Judiciário acatou mandado de segurança com pedido de liminar impetrado pela vereadora Eliane Santos Pinheiro, para que o vice-prefeito Ismael Barbosa reassuma a Prefeitura de Jacundá num prazo de 24 horas a partir de hoje (1º).

No pedido, a vereadora Lane Pinheiro questionou a extinção da Comissão Processante que investiga o prefeito e deveria ficar em vigor durante um período de 180 dias, de modo que não poderia ter sido cancelada arbitrariamente antes do prazo previsto.

O juiz Edinaldo Antunes Vieira, substituto da Comarca de Jacundá, entendeu que houve falha no encerramento dos trabalhos da comissão e também que a sua extinção não ficou amparada da necessária publicidade, “princípio constitucional que deve orientar todos os atos administrativos”.

Pin It