Pin It

 

O CONJOVE – Conselho de Jovens Empresários de Marabá -, órgão permanente da ACIM, finalizando as atividades de 2017, promoveu esta semana mais um Bate-Papo Empreendedor. Desta vez, a conversa dos jovens empresários foi com Lúcio Geziel Silva, empresário paranaense, que está há 20 anos no ramo do software para empresas, após ter trocado o agronegócio pela tecnologia. Ele se tornou um caso de sucesso como sócio fundador da Ecocentauro, que hoje conta com 80 colaboradores no desenvolvimento de programas voltados à gestão de varejo e presente em 75 unidades de negócios em várias regiões do Brasil, inclusive em Marabá.

Para Caetano Reis Neto, presidente do CONJOVE, uma troca de sinergia como essa é muito importante porque o formato de bate-papo possibilita a captura de dicas e informações muito boas, sobretudo com um empresário que chegou ao status alcançado por Lúcio Geziel Silva.

“Ele tem mais de 75 operações espalhadas pelo Brasil e também na nossa região, onde está presente em Marabá, Parauapebas, Xinguara, Redenção, Rondon, entre outras.  A Ecocentauro Software de Gestão, além de ser uma história e um caso de sucesso, nos interessa muito pela tecnologia que oferece” afirma Caetano.

“Aqui temos muitos jovens empreendedores que precisam ter noção de que é importante sim ter uma ferramenta de gestão, que vai auxiliá-los no dia a dia do negócio, do empreendimento, como também as dicas de empreendedorismo de pessoas que já tem uma certa vivência uma certa experiência no mercado empreendedor e que já são empresários de sucesso”, conclui o presidente do CONJOVE.

Bate-Papo Empreendedor

Durante o bate-papo, em total clima de descontração, Lúcio interagiu com os jovens empresários de Marabá, respondeu perguntas, contou detalhes de sua carreira empresarial, narrou casos engraçados e sugeriu soluções quando consultado sobre alguma dificuldade que um ou outro participante está encontrando na administração do seu empreendimento.

Lúcio Geziel, que técnico agrícola de formação, contou que a Ecocentauro foi uma questão de oportunidade, a partir do convite de um irmão para ser sócio de uma empresa de desenvolvimento de software de gestão de varejo. O convite foi aceito e ele, que estava havia 11 anos no agronegócio, mudou de rumo e acabou dando certo.

 “Estamos há mais de 20 anos no mercado e atendemos mais especificamente os ramos de materiais de construção, calçados e confecções, postos de combustíveis, supermercados e outros que consegue abranger a parte administrativa do sistema”, descreve ele o trabalho da Ecocentauro.

Lúcio conta que iniciou o trabalho de expansão em 2000, no norte de Mato Grosso, mas hoje a sede da empresa fica em Cascavel (PR), que é o lugar onde ele e o irmão sócio vivem. Sobre Marabá, o empresário considera “uma cidade forte, estruturada e que tem toda condição de se expandir nos negócios”. (Por ASCOM/ACIM)

 

Pin It