Pin It

Quais as diferenças de manter um espaço cultural para outro tipo de empreendimento comercial. Como tornar essas iniciativas financeiramente viáveis? Artistas, produtores e empreendedores se unem para discutir questões como essas no Kuyera - Festival Cultura Independente, hoje e amanhã, no Espaço Etnias Cultural, Sesc Boulevard, e Café com Arte. A entrada é gratuita e as apresentações acontecem nesta terça- e quarta-feira.

O festival foi criado com a intenção de articular artistas e produtores culturais para pensar em formas de organização coletiva que possam alavancar projetos e mobilizar públicos, por isso envolve desde grupos de carimbó ao hip-hop, até realizadores do audiovisual e empreendedores. “Queremos contribuir com a cena cultural independente da capital paraense. A proposta é abranger diferentes iniciativas e personagens da cena local e colocá-los em diálogo com outras cenas culturais de outras lugares da Amazônia, estimular o compartilhamento de vivências e mobilizações na nossa região”, explica Matheus Botelho, coordenador geral da Na Cuia - Produtora Cultural, idealizadora do evento.

Serão realizados os workshops “Produção Cultural na Prática: Como Transformar Suas Ideias em Realidade”, com Marcel Arêde, da AmpliCriativa, que trabalha desde 2001 com elaboração, captação e produção de projetos culturais; e “A Visão Criativa na Produção Audiovisual”, com Michele Andrews, do Centro Popular do Audiovisual do Amazonas, além de shows, performances e debates sobre espaços de resistência e atuação independente, movimentos sociais e culturais atuais.

(Fonte: Diário do Pará)

 

Pin It