No próximo dia 27, no Galpão de Artes de Marabá (GAM), a partir das 19h, será realizada a apresentação dos resultados do projeto “Observatório Digital das Artes do Sul e Sudeste do Pará”, contemplado pelo Edital 06/2014, da Diretoria de Ações Interculturais (DAI/PROEX/UNIFESSPA).

A realização deste projeto contou com a participação do Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE, núcleo Marabá), Coletivo GAM, Galeria de Artes Vitória Barros, Instituto Cultural Hozana Lopes de Abreu, artistas individuais e integrantes do Laboratório de Pesquisa em Interfaces e Tecnologias Educacionais (LABTED) para desenvolver um espaço virtual (sítio eletrônico) voltado às artes da nossa região.

Na ocasião acontecerão as exposições “Descamar” e “Negativo”, respectivamente, produzidas pelos artistas visuais Líris Pimentel e Bino Sousa, como resultado do processo de pesquisa, experimentação e criação artística do projeto "GAM Ateliê Comunitário" que promoveu a residência artística dos referidos artistas.

 

 

Estão abertas as inscrições para o 3º Seminário Paraense Marcha das Mulheres Negras - Contra o Racismo, a Violência e Pelo Bem Viver, que será realizado no próximo dia 20, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil-OAB, em Marabá, das 8h às 14h. O seminário já foi realizado em Belém e em Ananindeua e faz parte da mobilização que está sendo feita nos municípios do Estado pelo Comitê Impulsor da Marcha das Mulheres Negras do Pará.

A programação é gratuita e inclui rodas de conversas sobre o racismo e sobre o bem viver, oficina de turbantes, exposição ParÁfrica e a Feira Preta Feminista Solidária.

O Seminário é preparatório para a Marcha das Mulheres Negras 2015, que vai ser realizada no dia 18 de novembro, em Brasília. Reunindo mulheres de todo o país, a Marcha será o momento histórico no Brasil de denúncias e para requerer políticas públicas que atendam às necessidades mulheres negras.

Para mais informações: https://www.facebook.com/seminarioparaensemmnegras

O livro Educação das Relações Étnico-raciais no Brasil, iniciativa da Fundação Vale e parceiros, tem repercutido entre professores e especialistas em Educação, consolidando-se como referência na temática. Em dois meses, foram feitos mais de 2.500 downloads em países como Canadá, Estados Unidos, Suíça, Moçambique, além de várias cidades brasileiras.

A publicação, que está disponível gratuitamente para download no site da Fundação Vale e da Unesco, aborda a história e a cultura afro-brasileira, servindo de apoio a professores de escolas públicas e particulares na disseminação desse conteúdo colocando em prática a Lei 10.639/2003 que obriga a inserção do assunto nas salas de aula.

O material é fruto da parceria entre a Fundação Vale, a Universidade Federal do Rio de Janeiro e a Unesco, que acreditam e confiam no potencial de educadores e educadoras na construção efetiva de uma sociedade mais igualitária.

 

A Prefeitura de Marabá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), divulgou nesta terça-feira (2) a programação oficial do festejo junino 2015. Serão oito noites de festas, com início no dia 20 de junho e encerramento no dia 28.

Quadrilhas, bois-bumbás vindos de todos os cantos da cidade, concurso de Miss Caipira e Miss Caipira Gay, além de shows culturais vão fazer a alegria de quem for prestigiar o evento. A festa será na orla do Tocantins, próximo da Colônia de Pescadores Z-30, na Marabá Pioneira.

O tema deste ano é: “Cambraia e Palmica Mestres da Cultura Tradicional Marabaense”. O objetivo do festejo junino é promover a integração dos grupos culturais, despertando a sociedade para a importância de se manter viva as manifestações da cultura tradicional junina.

O secretário municipal de Cultura, Genival Crescêncio de Souza, informou que uma das novidades este ano é a “I Seletiva Estadual de Arraial do Brasil”, que vai ocorrer no dia 28, com quadrilhas das regiões sul e sudeste do estado. “O vencedor vai disputar o concurso nacional que vai ocorrer no Estado do Piauí”, antecipou ele, ressalvando que Marabá foi escolhida para sediar essa etapa por ser referência em organização.   

Os vencedores do 1º ao 3º lugares nas categorias Quadrilha: Adulta e Mirim - terão premiação de R$ 1 mil a R$ 2,5 mil. (Texto: Alessandra Gonçalves/Foto: Helder Messiahs)

 

VEJA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

 

Abertura Oficial – 1ª noite – Sábado

17h - Concentração Praça Duque de Caxias – Cortejo Cultural com todos os Grupos Juninos

19h30 - Animação com Dj.

20h - Mensagem de Abertura Oficial

20h10 - Apresentação dos Grupos Juninos, inscritos no Certame 2015

 

Dia 21/06 - 2ª noite - Domingo

19h30 - Animação com Dj.

20h - Apresentação do Projeto Dançando e Educando  - Centro Cultural Cine Marrocos

20h40 - Concurso Municipal de Miss Caipira 2015

21h Concurso Municipal Miss Caipira Gay 2015

 

Dia 22/06 – 3ª noite – Segunda - Feira

19h30 - Animação com Dj.

20h - Abertura da Quadra Junina

20h10 - Apresentação Especial “Cia de Dança Kanauã

20h30 - Apresentação das Quadrilhas 1ª Eliminatória

Boi Bumbá Encantos de Minha Terra

Boi Bumbá Treme Terra

Quadrilha Arrasta Pé Profº Raimundo Gomes - Mirim

Quadrilha Arrastão do Amor – Adulta “Mirim”

Quadrilha Quebra Galho – Adulta “B”

Quadrilha Rei do Sertão – Adulta “B”

Quadrilha Sedução Junina – Adulta “A”

Quadrilha Titanic – Adulta – “A”

Quadrilha Amor Perfeito – Adulta “A”

23h - Enceramento DJ.

 

Dia 23/06  – 4ª noite – Terça Feira

19h30 - Animação com DJ.

20h00 - Abertura da Quadra Junina

20h30 - Apresentação Especial

Apresentação das Quadrilhas 2ª Eliminatória

Boi Bumbá Senador

Boi Bumbá Estrela Dalva

Quadrilha Estrela do Tchê – Adulta “B”

Quadrilha Coração de Estudante – Adulta “B”

Quadrilha Coração de Estudante Santa Fé –  Adulta “B”

Quadrilha Jevac – Adulta “A”

Quadrilha Explode Coração – Adulta “A”

Quadrilha Fogo no Rabo – Adulta “A”

23h - Enceramento com DJ.

 

Dia 24/06 – 5ª noite – Quarta Feira

19h30 - Animação com DJ.

20h - Abertura dos Jogos Estaduais Sul e Sudeste Paraense  na Arena Junina 

20h05 - Apresentação das Quadrilhas 3ª Eliminatória

20h30 - Boi Bumbá Flor do Campo

Boi Bumbá Brilho da Noite

Quadrilha Amor Perfeito – Mirim

Quadrilha Sereia da Noite - Mirim

Quadrilha Muleka 100 Vergonha – Adulta “B”

Quadrilha Arrastão do Amor – Adulta “A”

Quadrilha Levada Louca – Adulta “A”

Quadrilha Splendor Junino – Adulta “A”

23h - Encerramento com DJ.

 

Dia 25/06  – 6ª noite – Quinta Feira

19h30 - Animação com DJ.

20h - Abertura da Quadra Junina

20h05 - Apresentação Especial

20h30 - Final Concurso de Bois Bumbás

23h - Encerramento com DJ.

 

Dia 26/06 – 7ª noite – Sexta Feira

19h30 - Animação com DJ.

20h - Abertura da Quadra Junina

20h05 - Apresentação Especial

20h30 - Final Concurso de Quadrilhas Mirins e Adultas Grupo “B”

23h - Encerramento com DJ.

 

Dia 27/06 – 8ª noite – Sábado

19h30 - Animação com DJ.

20h - Abertura da Quadra Junina

20h05 - Apresentação Especial

20h30 - Final Concurso de Quadrilhas Adultas Grupo “A”

23h - Encerramento com DJ.

 

Dia 28/06 – 9ª noite – Domingo

19h30 - Animação com DJ.

20h - Abertura da Quadra Junina

20h10 - Apresentação Especial

21h -I Seletiva Estadual Arraia Brasil

23h - Show cultural

02h - Encerramento com DJ.

 

 

Rios de Encontro, o projeto ecocultural e socio-educativo, encerra seu primeiro semestre com uma apresentação dos espetáculos 'Deixa o Nosso Rio Passar!' e 'Lágrimas Secas', neste sábado, na pracinha do Cabelo Seco, às 19h30.

Além de partilhar com a comunidade de Cabelo Seco e a população de Marabá os frutos de quatro meses de pesquisa artística e produção coletiva e a convivência recente de 20 dias nos Estados Unidos, as duas apresentações celebram o Dia da África e o projeto extrativista da Maria Silva e José Claudio Ribeiro, colaboradores com o projeto, assassinados no dia 24 de maio de 2011.

"Adiamos as duas apresentações do final da semana", explica Dan Baron, coordenador do projeto, "para coincidir com a memória da arte educadora Maria Silva e seu companheiro Jose Ribeiro. Já dediquei uma oficina de formação em arte educação para jovens lideranças da Contag (Confederação de Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura), em Belém no sábado passado e durante nossas últimas duas semanas de reflexão sobre nossa defesa da Amazônia nos EUA, avaliamos que foi importante valorizar a contribuição da Maria e Zé Claudio ao projeto mundial aqui no sudeste do Pará."

Pablo Souza, 16 anos, co-coordenador do projeto Gira-Sol, premiado pela Brazil Foundation em 2014 para inspirar debate sobre energia solar e o projeto da Hidrelétrica de Marabá no Rio Tocantins, está planejando uma palestra com suas colegas Carol Souza e Évany Valente para a escola Judith Gomes Leitão nessa semana. Ele comenta: "Nos Estados Unidos, apresentamos os dois espetáculos em escolas e teatros abastecidos pela energia solar. O debate lá é muito mais avançado sobre como preservar nossa Amazônia do que aqui. Ninguém aceita mais a construção das represas e a destruição de mais de 135 espécies por dia, na região Pan-Amazônia. Celebramos a boa notícia anunciada pelo Secretário de Educação Pedro Souza ontem, que vinte instituições da rede municipal vão ganhar placas de energia solar. Mas ainda esperamos que o governo terá a coragem de substituir o projeto da hidrelétrica com outros projetos que geram 'energias de vida'."

"Deixa o Nosso Rio Passar!' afirma o poder de nossas raízes africanas de nos sustentar", explica Carol Souza, 14 anos, percussionista e co-coordenadora de Gira-Sol e os micro-projetos Cine Coruja e Roupas ao Vento. "O espetáculo reinterpreta a lenda do Boto e mostra nossa capacidade de ler criticamente a sedução dos governantes e nossa opção de ficar bem aqui, em Cabelo Seco, experimentando com energia solar. O espetáculo de dança, 'Lágrimas Secas', dramatiza o Rio Tocantins pegando fogo no futuro próximo. Parece ficção científica mas já aconteceu com o Rio Cuyahoga no Estado de Ohio nos EUA, nos anos 60s. Sensibilizou uma geração inteira para cuidar dos rios. Não queremos que isto aconteça aqui em Marabá!".

A população inteira de Marabá está convidada assistir estas duas obras, aplaudidas por plateias adultas, juvenis e infantis nos Estados Unidos da América nas últimas semanas. Cabelo Seco, às 19h30 no sábado, dia 23 de maio. Haverá um sorteio cultural e mostra de vídeos logo em seguida. Maiores informações são disponíveis da Manoela Souza, 94-99192-0171.