Neste domingo (17), às 16h, o Águia de Marabá começa mais uma caminhada na Série C. O adversário será o América (RN), campeão potiguar de 2015. O fato é que este não será o único campeão que o Águia enfrenta na fase de grupos da competição.

Integrando o Grupo A, o Águia jogará contra outros três campeões estaduais (e talvez até mais um, pois há estaduais em andamento ainda) e também atuará diante de um vice-campeão. Ou seja, os marabaenses não terão vida fácil nesta Série C e precisam, mais do que nunca, do apoio do torcedor.

Depois de encarar o América, a delegação aguiana pega um voo até o Estado de Pernambuco, onde enfrenta o Salgueiro, vice-campeão pernambucano, no domingo (24), no Estádio Cornelio de Barros, às 16h. Para ser vice, o Salgueiro deixou para trás times grandes como Sport e Náutico. Esse é o adversário do Águia.

Na terceira rodada, dia 31, às 16h, o Águia volta ao Zinho Oliveira, em Marabá, e encara ninguém menos que o Vila Nova, que não foi campeão este ano, mas que tem muita tradição no futebol brasileiro.

No dia 7 de junho, pela quarta rodada, o Águia bota o pé na estrada mais uma vez e enfrenta o Confiança (SE), no Estádio Batistão, às 16h. Para quem não conhece, o Confiança foi bicampeão sergipano neste ano. Aliás esta é a quinta vez que o time se sagra bi do Sergipe.

Depois disso, a Série C será suspensa em virtude da Copa América e o Águia só volta a campo em 28 de junho, novamente no Zinho Oliveira, às 16h, desta vez enfrentando o Botafogo-PB, que até lá poderá já ser campeão paraibano, pois o campeonato lá ainda não acabou. O estadual está no quadrangular final e tem o adversário do Águia na segunda colocação.

Sete dias depois (5 de julho, às 16h), o Águia se mantém jogando em casa e pegará o ASA, de Alagoas, teoricamente o time menos tarimbado neste momento do futebol do Norte/Nordeste, entre os que disputam a Série C.

Mas a pedreira continua. Depois disso, o Águia volta a campo para enfrentar o Cuiabá, na Arena Pantanal, no dia 9 de julho, às 17h. Este é tido como o jogo mais duro da equipe marabaense, pois o Cuiabá, além de campeão mato-grossense, é também campeão da Copa Verde, feito que conquistou após enfiar uma histórica goleada no Clube do Remo, de 5 a 1, na final do torneio.

Por fim, o Águia encerra sua participação no primeiro turno da fase de grupos jogando no Zinho Oliveira, dia 26 de julho, às 16h, diante de ninguém menos que o Fortaleza, campeão cearense.

No final de semana seguinte, o Águia fará o caminho inverso, pegando o América, mas agora fora de casa. A última partida nesta fase classificatória será em 27 de setembro, na capital do Ceará.

Regulamento

Na primeira fase, 20 equipes estão divididas em dois grupos - A e B -, e quatro melhores de cada chave avançam para a segunda fase do campeonato. Os dois últimos colocados de cada chave serão rebaixados à Série D. Em caso de igualdade na pontuação, são critérios de desempate: 1) mais vitórias; 2) melhor saldo de gols; 3) mais gols pró; 4) confronto direto; 5) menos cartões vermelhos; 6) menos cartões amarelos; 7) sorteio. Na segunda fase, as 8 equipes classificadas disputam jogos de ida e volta em sistema mata-mata. As quatro equipes classificadas à semifinal serão promovidas à Série B em 2016. Em caso de empate nesta fase, são critérios de desempate: 1) melhor saldo de gols; 2) maior número de gols pró assinalados no campo do adversário; 3) cobrança de pênaltis. Em caso de disputa entre equipes da mesma cidade com os dois jogos no mesmo estádio, não será aplicado o segundo item do critério de desempate.

A diretoria do Águia de Marabá anunciou a contratação do atacante Danúbio, que defendeu o time de Parauapebas no Parazão 2015. O jogador é mais um reforço do time de Marabá, que estréia na Série C contra o América (RN) no Estádio Zinho Oliveira, no próximo domingo (17), em Marabá.

Danúbio chega para disputar uma vaga no ataque aguiano, que já tem o retorno do experiente atacante Wando e o centroavante Monga, que veio do Gavião, além de outros atletas que já estava no elenco.

Além de Danúbio, a diretoria azulina já havia anunciado semana passada a contratação  do meia Esdras e Giovani, dos goleiros Marcelo e Paulo Wanzeller, do lateral direito Fred, do zagueiro Bernardo, e dos laterais Diogo e Edinaldo.

Com isso, o técnico João Galvão (foto) está com um elenco praticamente fechado para a disputa da Série C. No decorrer desta semana a diretoria deve fazer novos contatos para trazer reforços do nordeste.

Em comemoração aos 102 anos de Marabá a Prefeitura de Marabá através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer promoveu neste último domingo dia 19 de abril a Corrida de Marabá com um percurso de 8 km e largada às 7h. O secretário Erton Vigne (Gaúcho) acionou a buzina e os atletas partiram do Ginásio Poliesportivo Renato Veloso, passando pela VP-7, VP-8 e retornando ao Ginásio. O evento contou com a participação de 130 inscritos nas cinco categorias de idade, inclusive atletas do APAE que são assíduos nas corridas realizadas na cidade.

O evento foi um verdadeiro sucesso e teve como premiação uma bicicleta para o masculino e feminino, como forma de incentivo a prática de mais um esporte e medalha de participação para todos os atletas que concluíram a prova.

Esta modalidade tem crescido cada vez mais em Marabá e eventos como este servem como um grande incentivo aos atletas que tem aderido ao esporte. Marabá está de parabéns, pois vários grupos de corrida de rua tem se estruturado e incentivam pessoas sedentárias a iniciar uma prática esportiva. E a cada corrida observamos que novos grupos vêm se articulando e conquistando um número maior de atletas.

A equipe da SEMEL busca ouvir, a cada evento, a avaliação dos corredores e tem se esforçado bastante para a realização de corridas com mais qualidade. “Na Corrida de São Félix muitos pediram que entregássemos a medalha de participação. Nesta prova contemplamos todos que concluíram. Agora queremos fazer uma corrida com cronometragem eletrônica” disse o Secretário Gaúcho.

O sucesso de eventos assim só é possível com ajuda de parceiros como a Unimed Sul do Pará, DMTU, Secretaria de Saúde, Guarda Municipal, Instituto Embelleze e Evolution Suplementos. (Fonte: Ascom/Semel)

Acabou a agonia no Clube do Remo. Com ritmo de jogo e embalado por vitórias em jogos decisivos, o Leão conquistou o título de bicampeão paraense consecutivo e garantiu a vaga na Série D do campeonato brasileiro de 2015.

O jogo terminou 2 a 0, com todos os gols sendo marcados no primeiro tempo. O primeiro foi logo aos 50 segundos de partida, enquanto que o segundo aconteceu aos 26 minutos, sendo todos eles marcados pelo atacante Rafael Paty. Com a atuação, o camisa 9 isolou-se na artilharia da competição com sete tentos.

Após o título, o Remo voltará a campo nesta quinta-feira (7), às 22h, em uma nova final, disputando a taça da Copa Verde, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), contra o clube de mesmo nome da cidade. (A foto acima é de Fábio Will/Portal ORM New)

Organizado pelo do Estado, os Jogos Abertos do Pará, que este ano chega a sua 9ª Edição, terá a sua fase regional realizada em Marabá, segundo o secretário de esportes e lazer do município, Erton Luiz Vigne, o “Gaúcho”, que recebeu o aval do prefeito João Salame.

Marabá irá sediar a regional Sudeste/Araguaia neste evento, que tem como objetivo incentivar a prática esportiva em todo território paraense teve confirmadas sedes no ultimo dia 18 de março.

Os Jogos começaram a ser disputados em 2005. As atividades chegaram a ser interrompidas, mas foram retomadas em 2014. A oitava edição do evento congregou 58 municípios, em sete fases regionais, reunindo cerca de 2.800 atletas em quatro modalidades: basquete, futsal, handebol e vôlei. A competição foi vencida pelos atletas de Abaetetuba.

Este ano, todos os municípios paraenses estão sendo requisitados a participar e já receberam o calendário do evento e regulamentos. A mudança se verifica também no número de modalidades esportivas – que passou de quatro para seis, com a inclusão do tênis de mesa e do futebol de areia – e de mais uma etapa regional, somando oito.

As etapas regionais compreendem o Sudeste/Araguaia, Baixo Tocantins, Sudeste, Sudoeste, Marajó, Oeste/Amazonas, Nordeste I e Nordeste II. Entre os dias 11 de março e 30 de abril, os técnicos da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) farão visitas técnicas para definir as possíveis sedes das fases regionais. A primeira será em maio, a segunda em julho, a terceira em agosto, a quarta em setembro e a quinta entre os meses de setembro e outubro.

A fase final, também chamada de Estadual e que reúne todos os campeões das fases regionais, será entre os meses de outubro e novembro, em cidade ainda a ser definida.