Nesta quarta-feira (27), o volante Chicão, de Marabá, se apresenta no Baenão, como novo jogador do Clube do Remo para a Série D. O empresário do jogador confirmou a assinatura do pré-contrato.

“Já está tudo certo. Ele está em Marabá, assinou o pré-contrato e vai para Belém amanhã (quarta-feira). O Chicão vai ser apresentado com os demais jogadores do elenco para iniciar a preparação para a Série D. O contrato dele com o Remo vai até o dia 30 de novembro”, explicou Paulo Victor, que agencia o volante.

Aos 33 anos, Chicão retorna ao clube que o revelou. Além do Leão paraense e do Galo Elétrico, o volante possui no currículo passagens por Fortaleza, Vitória, Ceará, Paraná, Botafogo-SP, Santa Cruz, União Barbarense e Parauapebas.

 

A Corrida do Aço já tem data marcada: será dia 28 de junho. Um dos eventos esportivos mais aguardados da cidade abrirá em breve as inscrições para corredores amadores e profissionais.

Para este ano serão disponibilizadas 400 inscrições distribuídas entre Comunidade e Colaboradores da SINOBRAS, nas categorias feminina de 18 a 40 anos, e masculina de 18 a 40 anos; 41 anos em diante e por Equipe. O percurso será de 7 quilômetros, como nas edições passadas.

Para quem ainda não iniciou os treinos, ainda dá tempo. A equipe de corredores SINOfitness, formada por colaboradores da SINOBRAS e de pessoas da comunidade, está com o condicionamento em dia. O treinamento chamado Aquecimento da Corrida do Aço iniciou em abril e é aberto ao público. A programação acontece todos os finais de semana na Orla da Marabá Pioneira, sempre às 7h da manhã.

 

Depois de conseguir um empate milagroso a dois minutos do fim do jogo contra o América (RN), na estreia da Série C, o Águia de Marabá enfrenta agora seu segundo adversário na competição: o Salgueiro (PB), no domingo (24), às 16h. A parada promete ser mais dura do que a estreia, pois dessa vez o jogo será no Estádio Cornélio de Barros, em Pernambuco.

Para se ter uma ideia da força do oponente que o Águia enfrentará domingo, o Salgueiro, que é vice-campeão pernambucano, venceu na estreia da Série C ninguém menos que o Botafogo, da Paraíba (2 a 1), jogando na casa do adversário. Já o Águia empatou em casa na estreia.

Esse histórico exige do treinador João Galvão muita cautela, por isso ele pode armar um esquema com seis homens no meio campo.

Inicialmente, Galvão deve escalar como titulares o goleiro Paulo Rafael, com três zagueiros: Fred, Negretti e Bernardo; e aí povoar o meio campo, com Ari (ala direita), Edinaldo (ala esquerda), Mael, Esdras, Lineker e Flamel, tendo apenas Monga no ataque.

Caso o time precise de mais ofensividade, Galvão poderá também tirar um dos zagueiros (provavelmente Negretti) e lançar o atacante Danúbio.

São essas opções que a comissão técnica leva na bagagem quando embarcar no aeroporto de Marabá às 23h55 desta quinta-feira, com conexão em Belém, antes de chegar a Recife, capital pernambucana.

 

Águia e Salgueiro-PE fizeram uma partida equilibrada, neste sábado (24), pela segunda rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Tanto o Azulão quanto o time pernambucano tiveram boas oportunidades de tirar o placar do zero a zero, porém, não obtiveram sucesso.

Mesmo vindo de uma vitória, na primeira rodada, e jogando em casa, o Salgueiro-PE não conseguiu marcar gols e acabou desperdiçando boas chances de conseguir mais três pontos na competição.

Em boa parte jogo, manteve a posse de bola e conseguiu finalizar as jogadas, mas sem perigo ao Águia. Paulinho Mossoró foi dos jogadores que mais chegou perto do converter gols, porém, hoje não era o dia time pernambucano.

Do outro lado a história não era diferente. Vindo de um empate, na primeira rodado, o Águia se apresentou com vontade de conseguir os primeiros três pontos, mas, acabou tendo a mesmo sorte que o adversário.

Mesmo conseguindo fazer boas jogadas, faltou sorte nas finalizações. Uma das oportunidades foi aos 36 minutos do primeiro tempo, no lançamento, que Monga de cabeça, e na cara do gol, não conseguiu concluir.

No segundo tempo, Flamel se machucou e foi substituído por Danúbio, que até tentou, mas não conseguiu marcar para o time de Marabá.

O Águia segue em sexto lugar, no grupo A, com dois pontos. O próximo jogo do Azulão será contra o Vila Nova-GO, dia 31 de maio, no Estádio Zinho Oliveira.

(As informações são do site Futebol do Norte)

 

O Águia de Marabá estreou com um empate em 1 a 1, contra o América-RN, na estreia das duas equipes, no Campeonato Brasileiro da Série C. A partida foi realizada, neste domingo (17), no estádio Zinho Oliveira, em Marabá. O time conseguiu empate aos 43 minutos do segundo tempo.

No primeiro tempo, o Águia começou pressionando o adversário, porém o América-RN levava perigo com Max e Thiago Potiguar nos contra-ataques. Mas foi o zagueiro Flávio Boaventura, que, aos 20 minutos, cabeceou e contou com o desvio do zagueiro Fred, para abrir o placar. América 1 X 0.

A sorte do time paraense começou a mudar ainda no primeiro tempo, com a expulsão de Maguinho, que acertou uma cotovelada em Ednaldo. Apesar disso, o Águia não conseguia converter em gol as chances criadas e o América-RN aproveitava o contra-ataque, para levar perigo. Em uma delas, Max chutou forte para boa defesa de Paulo Rafael.

No segundo tempo, o panorama era o mesmo até a metade do segundo tempo. Adriano Pardal recebeu o segundo cartão amarelo e graças ao quarto árbitro, o jogador acabou expulso, pois já tinha recebido cartão amarelo. A partir daí, o Águia foi só pressão em busca do empate, que saiu apenas aos 43 minutos. Flamel (foto) chutou cruzado e deixou tudo igual, no Zinho Oliveira.

Com um ponto ganho, o Águia volta a jogar na Série C, no domingo (24), contra o Salgueiro-PE, fora de casa. O América recebe o Icasa-CE, no mesmo dia, na Arena das Dunas, em Natal-RN.