Pin It

Por Anete Pitão, do Studio Jovem, idealizadora do Programa de Mentoria Geração de Impacto.

 

Ei! você aí consegue concluir aquilo que começa?

Ou fica patinando e dando voltas em torno do nada e cheio de resultados iguais?

Quantas promessas (ou metas) conseguiu realizar nesses primeiros meses do ano? Bem, se a resposta for "Poucas", sugiro ler até o final.

Entrar em ação é o único caminho para reunir resultados.

A ideia precisa virar ação imediatamente, pois dando certo ou não é somente colocando em prática que qualquer ajuste pode ser feito e aperfeiçoado.

Experts em projetos não realizados não dá né?!

Talvez o que te paralise seja o teu sendo crítico sobre si mesmo: “Não está bom”, “Não vou conseguir fazer”, “Não vai dar certo” e por aí vai o show de boicotes.

Quanto mais deixar seus julgamentos em todos os níveis mais se sentirá livre e se permitirá errar, cair e seguir em frente com coragem.

Mas perá lá, você prefere uma ideia incrível guardada ou uma ideia implantada? Ideia boa mesmo é aquela realizada, revista, aperfeiçoada.

Entre em campo para ganhar o jogo, a tua jogada vai inspirar muita gente. Não viva a vida do quase lá.

Quase mandou o e-mail, quase viajou, quase conseguiu a vaga, quase trocou de emprego, quase concluiu aquele curso.

Uma vida de quase é a vida quase feliz. 

Muitas vezes não conseguimos realizar tudo aquilo que planejamos. Mas isso é regra ou exceção na tua vida?

Agora se na tua vida o quase lá virou uma regra, cuidado! Está na hora de dar uma repaginada. Fazer uma reorganização das estratégias. Rever tudo ou às vezes um ponto que pode ser o grande impedimento para ultrapassar a linha de chegada.

Existe uma palavra mágica. Simples: Foco!

O foco vem pela clareza na direção, pois chegar rápido no lugar errado não tem vantagem, não é mesmo!? E seguir sem saber a direção também é um complicador.

Um alerta: Evite situações que desviem a atenção ou coisas que não são prioridade para atingir o objetivo.

É preciso convergência de força e de ação num ponto e colocar a energia numa direção, potencializar habilidades para produzir as condições necessárias para conseguir os resultados desejados.

Para isso muitas vezes é preciso abrir mão de algo, deixar de fazer algo, deixar de desfrutar ou comprar. Abrir mão.

Na verdade foco também passa por escolhas, escolher com assertividade as ações que levam para o objetivo. 

Que tal livrar o ano novo de ser moradia apenas de mais promessas e aproveitar o restante dele para realizar antigos e novos sonhos.

Substitua o “quase”. Certamente palavras não faltam para quem quer realizar muito.

 

Anete Pitão

Criadora do Studio Jovem

www.studiojovem.com.br

Idealizadora do Programa de Mentoria Geração de Impacto

Wapp (21) 99919-4393

Pin It