O Círio de Nossa Senhora de Nazaré, realizado em Marabá, sudeste do Pará, no último domingo (16), reuniu mais de 200 mil pessoas, que participaram dos mais de 7 km da procissão do Círio, saindo da Marabá Pioneira, até o Santuário de Nazaré

, na Folha 16, Nova Marabá. O balanço é da organização do evento, que atrai devotos de várias cidades e é considerado um dos maiores do estado. Foram várias as homenagens a Nossa Senhora de Nazaré pelas ruas da cidade. Durante o percurso de quatro horas, demonstrações de fé, devoção e agradecimento à padroeira dos paraenses.

O Círio em Marabá acontece sempre no terceiro domingo do mês de outubro. O tema do Círio 2016 em Marabá para este ano foi “Maria, ajudai-nos a viver a misericórdia”. Este ano, o ponto negativo é que não ocorreu a Romaria Fluvial, que se realiza no sábado que antecede a caminhada. A imagem é embarcada no balneário das Mangueiras e segue até a Velha Marabá pelo Rio Tocantins, mas este ano, como o nível do rio está muito baixo, essa parte da festa religiosa foi substituída por uma Romaria Rodoviária.

O bispo diocesano de Marabá, Dom Vital Corbellini está há quatro acompanhando o Círio em Marabá, sendo o primeiro ano como convidado e os três últimos na coordenação e avalia como extraordinária a fé do povo católico paraense. “É algo inexplicável, algo muito bonito. Eu gosto demais do Círio, é uma coisa que me aquece o coração, do povo de Deus. É a fé do povo, que nos une, une a cidade, une as pessoas à Deus e nós temos que estimular sempre mais essa grande festa”, enfatizou.